Editora oferece 2 mil downloads gratuitos de audiolivro e e-book

Para estimular a leitura e democratizar o acesso à literatura brasileira, a Nega Lilu Editora oferece 2 mil downloads gratuitos da obra poética Abracadabras: crio enquanto falo, de Cássia Fernandes. No período de um ano, leitores de todo o mundo poderão adquirir tanto o audiolivro quanto o e-book, por meio do site www.negalilu.com.br .

Lançado pelo selo Ç3, com apoio do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, Abracadabras: crio enquanto falo trata de relações afetivas do nosso tempo, a partir do comentário sagaz de três mulheres que viveram e morreram há séculos. A romântica Miss Austen, a devassa Condessa e a cigana Madame Natasha são as protagonistas de discussões sobre a cibercultura, o sexismo, a objetificação do corpo feminino, entre outros assuntos da atualidade.

O audiolivro tem circulação em streaming, a mesma tecnologia utilizada em aplicativos como o Spotfy. A distribuição está a cargo da Ubook, empresa pioneira atuante no Brasil, que tem mais de 1,5 milhões de assinantes em toda a América Latina. Simultaneamente, o e-book estará disponível nas maiores lojas virtuais do Brasil (Amazon, Saraiva, Google, Apple, Kobo, Livraria Cultura), através de parceria firmada com a BookWire.

Inclusão de leitores

Considerando o caráter inclusivo de Abracadabras: crio enquanto falo, a Nega Lilu Editora se propõe também a intermediar o acesso do trabalho aos leitores com deficiência visual e leitores com deficiência auditiva alfabetizados em Português. Inicialmente, o contato se dará por meio de bibliotecas públicas e privadas dedicadas a este público. A primeira agenda de difusão de Abracadabras: crio enquanto falo está programada para o dia 26 de maio (sexta-feira), na Biblioteca Braille de Goiânia, uma roda de leitura comentada, com a presença da autora.

Cássia Fernandes é escritora e jornalista, diretora de La Lumière – A Casa de Todas as Histórias. Autora dos livros Cartas que não te escrevi e Almofariz do tempo (Pantheon). Integra o coletivo literário e/ou, a partir de publicação na antologia Os olhos do Bilheteiro (Naduk). Cronista do jornal O Popular.

Foto: Maria Luiza Graner

 

 

SERVIÇO

Bate-papo: Abracadabras: crio enquanto falo

26 de maio (sexta) – 14h

Biblioteca Braille de Goiânia – Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica

ENTRADA FRANCA

 

 

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *