Emerson Rodrigues é autor da HQ Cidade Buraco: vol. 1.

Nega Lilu Editora promove aproximação entre autores e leitores

A aproximação entre leitores e escritores é uma estratégia eficaz de estímulo à leitura. A partir desta motivação, a Nega Lilu Editora realiza dois bate-papos com autores que tiveram títulos lançados no mês de maio: Emerson Rodrigues, amanhã (18/5), no Culturama, e Cássia Fernandes, no dia 26, na Biblioteca Braille de Goiânia. As atividades são gratuitas.

Para público infanto-juvenil, a história em quadrinhos Cidade Buraco: vol. 1, de Emerson Rodrigues, apresenta um mundo que vive em guerra há séculos, onde munição vale mais do que pedra preciosa. Segundo o autor, a série é inspirada na Guerra dos Cem Anos e traz para a atualidade, reflexões sobre o nazismo e a Guerra Fria também.

“Desde que surgiu essa ideia venho colecionando fatos que pudessem construir uma saga ficcional grandiosa, com apogeu e queda de um lugar fantástico, onde a paz resiste”, revela o quadrinista. Nesta quinta-feira, entre 19h e 21h, Emerson Rodrigues compartilha com seu público leitor o processo criativo e de produção da graphic novel, que foi lançada pelo Selo Tuci da Nega Lilu Editora. As HQs estarão sendo vendidas no local.

Emerson Rodrigues é diretor de animação. Cursou Desenho Industrial na UnB − Universidade de Brasília, participou de especializações na Concept Design Academy (Califórnia) e na renomada escola de animação francesa Gobelins, L’école de I’image. Esteve entre os cinco brasileiros selecionados para o projeto SEA − Concept Development Master Class, que reuniu novos talentos da animação mundial em 2014, na Dinamarca, sede do The Animation Workshop. Atualmente, dirige o Mão de Macaco, escritório para projetos autorais, em Goiânia.

Para ler e ouvir

Também lançado este mês, Abracadabras: crio enquanto falo é uma obra poética de Cássia Fernandes, publicada em formato de audiolivro e de e-book. Considerando o caráter inclusivo deste projeto literário, a Nega Lilu Editora se propõe também a intermediar o acesso do trabalho aos leitores com deficiência visual e leitores com deficiência auditiva alfabetizados em Português.

Cássia Fernandes lançou na semana passada o audiolivro e e-book, “Abracadabras: crio enquanto falo”.

Inicialmente, o contato se dará por meio de bibliotecas públicas e privadas dedicadas a este público. A primeira agenda de difusão de Abracadabras: crio enquanto falo está programada para o dia 26 de maio, na Biblioteca Braille de Goiânia, uma roda de leitura comentada, com a presença de Cássia Fernandes.

Apoiado pelo Fundo Estadual de Arte e Cultura, o audiolivro e o e-book têm distribuição gratuita, durante o período de um ano, para os primeiros mil leitores e leitoras que acessarem a obra pelo site www.negalilu.com.br

Escritora e jornalista, diretora de La Lumière – A Casa de Todas as Histórias. Autora dos livros Cartas que não te escrevi e Almofariz do tempo (Pantheon). Integra o coletivo literário e/ou, a partir de publicação na antologia Os olhos do Bilheteiro (Naduk). Cronista do jornal O Popular.

SERVIÇO

Bate-papo com Emerson Rodrigues: 18 de maio, 19h, no Culturama

Bate-papo com Cássia Fernandes: 26 de maio, 14h, na Biblioteca Braille de Goiânia

 

 

 

 

Comentar

Comentários (0)

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será revelado. Os campos obrigatórios estão marcados com *