Nádia Köller: memórias e receitas de Goyaz

R$60,00

Este é um livro sobre o Caderno de Receitas de Nádia Köller. As anotações iniciadas em 1967, na Cidade de Goiás, orientaram a trilha da pesquisa realizada por Ana Christina da Rocha Lima. Um delicioso registro de patrimônio imaterial, um relicário de afetos verdadeiros, com reconhecimento da relevância do matriarcado na antiga capital goiana:

“Na antiga Goyaz, as receitas eram motivo de intercâmbio, ciúmes, boicotes e homenagens – alquimias secretas que instauravam uma hierarquia na cidade. Algumas delas atravessaram séculos, herdadas e preservadas como joias de família em cadernos escritos à mão, um saber e um bem particular de cada Casa. Os cadernos eram guardados nos louceiros das cozinhas, manuseados com cuidado e cerimônia. Faziam parte dos enxovais e era herança cobiçada. A troca de receitas era um gesto de amizade e confiança, compartilhadas com parcimônia.”

Descrição

Dimensão: 20,5 x 27,5cm
Acabamento: Capa dura, revestida com tecido e impressa em serigrafia
Páginas: 192
Editora: Nega Lilu – Selo Eclea

 

A autora

Ana Christina da Rocha Lima é psicanalista, ilustradora, designer e artista transmídia.

Estudou Belas Artes na Escola de Artes Veiga Valle, Cidade de Goiás, com Goiandira do Couto, e na Parson’s School of Design, em Nova Iorque. É membro do Núcleo Freudiano de Psicanálise em Goiânia, sob direção de Marcia Marina da Silva. Diretora da Casa da Cultura Digital e integrante do grupo de gestão da Casa de Cultura Attilio Zamperoni.

Fundadora da Ana de Hélios Criação, empresa dedicada à produção de projetos especiais em Design. Autora de capa de vários livros, entre eles Sem Palavras de Larissa Mundim e Valentina Prado (2013), O livro do Depois de Claudia Machado (2015) e da coletânea Rosarita Fleury – a grande romancista (2017). Ilustradora do livro infantil bilíngue e do filme de curta-metragem A invenção do João de Claudia Machado (2015) – selecionado para o 34º Art Film Festival de Asolo (Itália, 2015). Assina a direção de arte e produção da ópera L’Orfeo de Claude Monteverdi, montada em 2017, em Goiânia, com elenco internacional.

Comentar

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Nádia Köller: memórias e receitas de Goyaz”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *